in

Zezé é acusado de contratar pistoleiro para matar repórter que descobriu caso de Luciano com travesti

G1 / Montagem
Publicidade

O cantor Zezé di Camargo foi acusado por um pistoleiro de o ter contratado para tirar a vida da repórter investigativa Edna Santos. O relato foi revelado pela própria jornalista em entrevista a um canal do YouTube (Vídeo no artigo). 

Na época da confusão, Edna havia acabado de passar 10 meses presa, justamente, por uma reportagem contra Luciano Camargo. A matéria que teria feito Edna parar na cadeia começava com uma acusação de que Luciano Camargo teria agredido um menor de idade. Logo, a trama começou a envolver questões sexuais do cantor. 

Em determinado momento, fotos acabaram mostrando Luciano Camargo em carícias com outros homens. Um deles se vestia de mulher nas fotos. Uma das mais famosas pode ser vista abaixo. Edna ainda revela que um pistoleira tentou matá-la. 

Publicidade
Publicidade

O livro ‘A Reportagem proibida’, em que Edna conta toda a história, chegou a ser proibido de ser publicado. No entanto, desde agosto, ele teve permissão para sua comercialização. Assista abaixo o vídeo que mostra o depoimento de Edna, relembrando que o pistoleiro teria confirmado que foi contratado por Zezé Di Camargo:

Além de ter dado uma entrevista sobre o fato, Edna publicou um artigo em que deu detalhes sobre o suposto momento envolvendo o pistoleiro. ““As revelações são muitas e todas documentadas, a exemplo de Zezé ter contratado um pistoleiro para me matar. Essa denúncia foi feita à imprensa local pela juíza de Direito Camercy Rosa, que não me conhece pessoalmente. A dupla conseguiu censurar o livro e, pasme, mandou até recolher jornais que falavam de seu lançamento, tudo via judicial. Contudo, temo pela minha vida e a de meu filho pequeno”, disse ela em artigo publicado no site Observatório da Imprensa. 

Publicidade
Avatar

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post