in

Flordelis faz tarde de louvor após colocar tornozeleira eletrônica: ‘Não tem legião do inferno que prevaleça’

Instagram Flordelis
Publicidade

Flordelis compareceu à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro para colocar uma tornozeleira eletrônica. A decisão judicial foi tomada após o Ministério Público apontar a deputada federal como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. Anderson foi executado a tiros em junho do ano passado na residência da família em Niterói.

Dois dos filhos de Flordelis estão presos pelo crime, e vários familiares seguem sendo investigados. A deputada ainda não foi presa devido à imunidade parlamentar inerente ao seu cargo, porém, um processo disciplinar foi instaurado. Após colocar a tornozeleira eletrônica, Flordelis realizou uma tarde de louvor e transmitiu o momento ao vivo através de suas redes sociais.

De acordo com o Jornal Extra, a deputada usou citações bíblicas e pediu para que todos continuassem orando, pois, este período iria passar. As imagens foram registradas na casa de Flordelis em Niterói, mesmo local onde Anderson do Carmo foi executado. Ao fundo da gravação, é possível ouvir outras pessoas interagindo com a parlamentar durante os louvores.

Publicidade
Publicidade

A volta por cima vai chegar. Queria dar uma satisfação para vocês. Para quem está me apoiando, continue me apoiando. Quem está orando por mim, continue orando. ‘Jajá’ Deus vai mudar essa situação. ‘Jajá’ Deus vai colocar o que está fora do lugar, no lugar. Meu Deus é grande. Não tem legião do inferno que prevaleça sobre o poderio desse Deus”, afirmou Flordelis.

A deputada ressaltou que sua história não havia chegado ao fim, e que ela ainda contaria um grande testemunho de vida. O processo disciplinar instaurado contra Flordelis recomenda a cassação da deputada. Caso perca as prerrogativas inerentes ao mandato, a parlamentar poderá ir para a prisão.

Publicidade
Next post