in

Vilão de O Que A Vida Me Roubou concorre a importante prêmio

El Grafico
Publicidade

Quem acompanha ou já acompanhou a primeira exibição da novela mexicana O Que A Vida Me Roubou, independente do que acha dos personagens ou história, concorda que o ator Sergio Sendel, que deu vida ao Pedro Medina, trabalha muito bem, a ponto do personagem parecer real e despertar raiva nos telespectadores.

Esse não é o único personagem cruel de Sergio. Seu talento para desempenhar papéis de vilões tem lhe rendido respeito e muitos trabalhos. Agora ele foi indicado para o Prêmio TVyNovelas 2020, na categoria de melhor vilão por seu personagem em Juntos el Corazón Nunca se Equivoca.

Sergio Sendel iniciou sua carreira em 1989, sempre com papeis de destaque em todas as tramas. No Brasil pôde ser visto nas novelas Feridas do Amor, Destilando Amor, Amanhã é Para Sempre e O Que A Vida Me Roubou.

Publicidade
Publicidade

Na série Juntos el Corazón Nunca se Equivoca, Sendel interpreta Ubaldo, um homem capaz de infernizar a vida de Temo e Aristóteles, que tentam enfrentar os desafios e preconceitos sofridos por homossexuais no México atual.

Se vencer, esse prêmio será mais um para a coleção de Sergio Sendel. Em 2008 ele venceu os três prêmios a que foi indicado na categoria de melhor vilão. Em 2014, venceu o Premios People en Español como melhor vilão por O Que A Vida Me Roubou.

Apesar de ser conhecido por vilões, Sergio também já fez comédia e protagonizou duas novelas como o mocinho. Atualmente o ator está prestes a completar 54 anos, mas com a mesma aparência de anos atrás.
O ator pode ser visto nos últimos capítulos de O Que A Vida Me Roubou no SBT.

Publicidade
Guti M

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades

Next post