in

‘Rei do WhatsApp’, humorista Jotinha morre vítima do Covid-19 e fãs ficam desolados: ‘Não pode ser’

Reprodução - Instagram
Publicidade

Diagnosticado com a Covid-19, o humorista Jotinha, conhecido como o “Rei do WhatsApp” morreu no início da noite desta quinta-feira (05), na Bahia. José Luiz Almeida da Silva, o Jotinha, teve falência múltipla dos órgãos, em função de complicações da infecção do coronavírus. Recentemente, familiares do artista pediram ajuda na web para custear o tratamento dele, que tinha um valor muito alto.

A informação da morte do humorista foi confirmada pelo Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, através das redes sociais. Além do anúncio feito pelo secretário, o perfil oficial do Jotinha no Instagram confirmou a notícia com milhares de seguidores.

“Eu venho dá a notícia a vocês. Eu acho que nenhum de vocês queria ouvir, e eu também não queria dar para vocês. Mas ele faleceu gente. Acabei de saber. A gente está aqui na porta da casa dele, tomando os cuidados para, primeiro confortar a minha avó, e, depois saber a notícia”.

Publicidade
Publicidade

Estado grave

Após complicações em seu quadro de saúde, Jotinha entrou em coma na unidade hospitalar de Santo Antônio de Jesus, na Bahia, na última terça-feira (3), quando começou apresentar problemas respiratórios. Um pouco mais cedo, o perfil oficial do humorista confirmou que ele havia testado positivo para a Covid-19.

Sucesso

Jotinha ostentava mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, e se tornou viral no Whatsapp, sempre com jeito irreverente e brincalhão em seus comentários sobre futebol.

Repercussão

Nas redes sociais, diversos fãs lamentaram o falecimento do humorista e prestaram solidariedade aos familiares. “Não pode ser. Descanse em paz”, disse um internauta. “Fará muita falta. Rei do Whatsapp”, afirmou outro. “Díficil acreditar. Covid-19 fazendo mais uma vítima conhecida. Lamentável”, pontuou outro.

Publicidade
Publicidade