in

Bonner e Renata são alvos de Flávio Bolsonaro, mas exibem nova denúncia no JN: ‘o miliciano’

Reprodução Globo
Publicidade

William Bonner, Renata Vasconcellos e Flávio Bolsonaro são três nomes que estão sendo bastante comentados nas redes sociais. O senador, filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), entrou com ação na Justiça contra os apresentadores do Jornal Nacional.

A notícia-crime protocolada pela defesa de Flávio Bolsonaro diz que os jornalistas descumpriram decisão judicial ao noticiarem no JN, nesta semana, novas informações sobre o suposto esquema de “rachadinha” que teria ocorrido na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro quando Flávio era deputado estadual.

Bonner e Renata dão nova notícia sobre suposto esquema de ‘rachadinha’

No dia em que a defesa de Flávio Bolsonaro entrou com a ação de notícia-crime contra a Globo e os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, o Jornal Nacional levou ao ar nova reportagem sobre o suposto esquema, agora com um novo personagem envolvido.

Publicidade
Publicidade

“A denúncia do Ministério Público contra o senador Flávio Bolsonaro, do Republicanos, afirma que o miliciano Adriano da Nóbrega fazia parte do esquema da ‘rachadinha’ na Assembleia Legislativa do Rio”, disse Renata. Em seguida, entrou a reportagem de Hélter Duarte com todos os detalhes.

Em cerca de três minutos, o Jornal Nacional mostrou que o Ministério Público afirma que o miliciano morto na Bahia participava do suposto esquema. Segundo o MP, a mãe e a mulher de Adriano recebiam salário mesmo sem aparecer no gabinete de Flávio. Os âncoras do JN não comentaram nada sobre a notícia-crime contra eles.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!