in

Drag abandona Igreja Universal após ser ameaçada: ‘Não vai viver para contar igual a Andressa Urach’

Instagram | Sophia Barclay
Publicidade

Convertida e fiel da Igreja Universal há 5 anos, a drag Sophia Barclay de 18 anos viu sua vida virar um inferno nos últimos meses. De acordo com o site UOL, a influencer revelou que passou a receber ofensas e até mesmo ameaças de morte de supostos fiéis da Universal. A jovem contou que a perseguição tem relação com a sua sexualidade. 

Diante das ameaças, Sophia registrou um boletim de ocorrência na cidade do Rio de Janeiro denunciando os perfis responsáveis pela perseguição. A polícia anexou ao inquérito uma série de provas e prints de mensagens no quais a influencer é ameaçada. Uma das mensagens afirma que a jovem será perseguida porque tentou “queimar a igreja”.

A mensagem se refere a uma denúncia de maus-tratos no templo, feita pela drag no mês passado. Uma das ameaças cita o nome de Andressa Urach, que também rompeu com a Universal recentemente. Urach afirmou que teria sido roubada pela igreja, e que chegou a doar mais de R$ 1,5 milhão para a instituição.

Publicidade
Publicidade

Você não vai viver para contar igual à Andressa Urach, estamos de olho em tu”, disse a mensagem publicada por mais um perfil que ameaçou a influencer. A equipe do site UOL entrou em contato com a assessoria de comunicação da Igreja Universal que não reconheceu os responsáveis pelas ameaças como membros da igreja e reafirmou que aceita a diversidade.

Nota da Igreja Universal

A Igreja Universal do Reino de Deus nega qualquer participação no episódio. A atitude e o teor das mensagens desse rapaz (da foto enviada pela coluna) —e não temos qualquer indicação de que ele realmente seja um obreiro da Universal”, disse um trecho da nota publicada pela igreja. Sophia garantiu que não voltará a frequentar a Universal, e que se encontra em tratamento médico devido às crises de pânico desencadeadas pelo episódio.

Publicidade
Next post