in

Vídeo revelador poderia provar inocência de ator preso da novela Quando Me Apaixono

Mamás Latinas
Publicidade

Quase um mês desde que o ator mexicano Eleazar Gómez foi preso, um vídeo que deve ser apresentado por seu advogado a justiça poderá provar sua inocência. Esse vídeo teria sido enviado por Tefi Valenzuela ao ator, pouco antes da agressão que ela alega ter sofrido.

Recentemente tornou-se público nas redes sociais e imprensa dos famosos, um vídeo em que a modelo aparecia sem os hematomas das mordidas que ela alega ter recebido do ator na noite da agressão.

Uma prima de Eleazar teria apresentado para alguns meios de comunicação fotos de Valenzuela sem marcas no rosto e pescoço, locais em que ela alegou na denúncia ter sido ferida pelo ator.

Publicidade

Jaime Carvajal Torre, advogado de Tefi Valenzuela, afirmou que as fotos divulgadas não são atuais, logo não podem provar que a sua cliente não foi vítima das agressões na noite de 4 de novembro. Para provar que as fotos são antigas, o advogado lembrou que sua cliente tem uma tatuagem recente que não aparece na foto, pois as imagens nas fotos e vídeo são antigas.

O ator era um dos personagens principais da novela La Mexicana y el Guero, em exibição no México, e acabou perdendo o papel por estar preso e as gravações não terem como parar. Além disso, a agência que representava o ator decidiu cancelar o vínculo laboral que mantinham com Eleazar após a repercussão de sua prisão por violência doméstica.

Inocente ou não, é fato que pessoas próximas ao ator afirmaram que seu comportamento com as mulheres pode ser decorrente de um trauma do passado, deixando subentendido que ele pode ter mesmo agredido Valenzuela. Algumas das pessoas que falaram sobre essa hipótese são Ferdinando Valencia, o César de Quando Me Apaixono, e Carmem Salinas, a Milagre de Triunfo do Amor.

Publicidade
Publicidade
Guti M

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades