in

Exclusivo: Bárbara Borges processa editores que tentaram desqualificar sua imagem como mãe

Blasting News
Publicidade

A atriz Bárbara Borges ingressou na Justiça, na 51ª Vara Cível
do Rio de Janeiro, e pede R$ 40 mil de indenização por danos morais e materiais de um site segmentado para o universo das mães e dos bebês.

De acordo com o pedido e a denúncia feita pela atriz à Justiça, desde a gestação de seu segundo filho, Theo, a artista vinha desenvolvendo atividades voltadas para o universo da maternidade, destacando-se projeto Mãe do Bem. Ela conta que em decorrência do projeto passou a dedicar-se a fazer trabalhos de propaganda ligados à maternidade, “associados a uma imagem materna consciente, responsável, aliada a práticas respeitosas e naturais de educação.”

Porém, Barbara conta que foi surpreendida com a publicação de uma matéria “distorcendo seu texto e lhe atribuindo fatos graves e inverídicos“, utilizando ainda a sua imagem e a de seu bebê, com o seguinte título: “Atriz põe saúde de bebê em risco ao aliviar dor de nascimento do dente“.

Publicidade

Atriz foi pressionada a esclarecer o caso

Ainda segundo a atriz nos autos processuais,
passou a receber questionamentos, no âmbito privado, pessoal e profissional, a respeito do caso tendo de prestar explicações sobre uma conduta que nunca fora praticada por ela, ainda mais contra o próprio filho.

A polêmica promovida pelo Fake News causou questionamentos em seu seio familiar e também com seus fãs, o que lhe causou grande incômodo, inclusive no meio profissional, ao ter que dar explicações, uma vez que estava levantando um novo projeto voltado para este público na época. Bárbara conta que, como mãe, explicar que não estava colocando seu filho em risco foi devastador por colocar em dúvida sua credibilidade como mulher e mãe.
A publicação fazia referência a uma publicação da atriz no Facebook, ocasião em que mencionava o “colar de âmbar”: 

Segundo os advogados de Bárbara, o texto, em nenhum momento sugere ou recomenda o uso do colar de âmbar para o alívio das dores de nascimento de dentes em bebês, muito menos afirma ser esta uma alternativa para as outras mães e pais. De acordo com a denúncia da atriz ela apenas revelou um acontecimento de sua vida privada, sem qualquer inclinação de defesa ou estímulo do uso do colar de âmbar. Bárbara pede R$ 40 mil de indenização e o caso ainda será julgado. 

Publicidade
Alessandro Lo-Bianco

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.