in

Angélica chora na Globo ao falar de Eduardo Galvão; ator morreu de Covid-19

Instagram Angelica
Publicidade

O ator Eduardo Galvão morreu aos 58 anos, vítima de Covid-19, doença causada pelo coronavírus, na noite desta segunda-feira (7), depois de alguns dias internado no Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O quadro dele era considerado grave.

Na terça-feira da semana passada, o ator foi entubado e encaminhado para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Unimed Rio, de onde não saiu mais. Ontem à noite a família foi informada sobre a morte de Eduardo Galvão.
Há bastante comoção nas redes sociais, entre fãs e amigos do artista.

Angélica não segura a emoção

Direto de sua casa, Angélica conversou com a reportagem do Jornal Hoje e falou sobre a morte do amigo. Os dois trabalharam juntos na novela infantil Caça Talentos, que foi exibida nas manhãs da Globo entre 1996 e 1998 e fez muito sucesso entre a criançada. Eles faziam um par romântico no folhetim.

Publicidade

Antes do Caça Talentos, Eduardo Galvão já havia trabalhado em novelas de sucesso da Globo, como a Viagem (1994). Depois da novela infantil, ele atuou em diversos outras novelas e também em filmes. A última novela foi Bom Sucesso, da Globo, que terminou em janeiro. No cinema, atuou em uma dezena de filmes.
O último foi Nada a Perder 2, que narra a história do bispo Edir Macedo.

“Ele era carinho, ele era amor e alegria”, disse Angélica, visivelmente emocionada. “Vai querer a gente forte, feliz, lembrando dele nesses momentos bons”, completou. A apresentadora já havia se manifestado sobre a morte do amigo no Instagram.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Next post