in

Futuro da banda Roupa Nova é incerto após a morte de um dos principais integrantes

Estadão
Publicidade

De acordo com assessoria de imprensa da banda Roupa Nova, um dos principais grupos musicais do Brasil com 40 anos de história, após a perda do vocalista Paulinho o grupo ainda não decidiu se irá continuar com os shows ou se irão optar encerrar as atividades. A cremação ocorreu nesta quarta-feira (16) às 16h, no Memorial do Carmo, no Rio de Janeiro.

Ainda segundo a equipe da banda, o momento ainda é de luto e os integrantes da banda irão se reunir assim que essa fase passar para discutir sobre o futuro do Roupa Nova. A especulação que a banda poderia ter chegado ao fim veio após uma publicação do Instagram Oficial do grupo. Nela, a legenda abaixo da foto do grupo dizia que com a perda do Paulinho as luzes do palco estavam se apagando.

A assessoria ainda reforçou que não existe nenhuma definição e que a mensagem se valeu da força de expressão para simbolizar a partida do vocalista. Entretanto, confirmou que o futuro do Roupa Nova ainda é incerto.

Publicidade

O vocalista morreu no Rio de Janeiro, no início da noite desta última segunda-feira (14/12) após um longo tempo internado. Paulo César Santos estava internado há mais de um mês por conta de um transplante de medula óssea – para tratar de um linfoma – e, posteriormente, para tratar da Covid-19. Já sem o vírus, depois de três semanas o estado de saúde do cantor se agravou.

Aos 68 anos, Paulinho teve uma piora já na UTI comum, destinada aos pacientes sem Covid em recuperação, voltou a respirar com ajuda de aparelhos e apresentou um quadro grave de infecção. No final de semana retrasado ele havia sido transferido para UTI comum, e por isso, esperava-se um panorama positivo. 

Com a saúde já fragilizada em razão do transplante, o músico não resistiu a recuperação pós-Covid e seu pulmão também ficou bastante comprometido.

Publicidade
Publicidade
Alessandro Lo-Bianco

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.