in

Henri Castelli chora, faz desabafo comovente ao relembrar agressões e mostra sequelas: ‘Estou fazendo terapia’

Instagram
Publicidade

O ator Henri Castelli voltou a falar sobre a sua recuperação após ter sido vítima de agressão dois dias antes do Revéillon, em Alagoas.

Bastante emocionado, o artista revelou, em entrevista ao Fantástico, que tem se submetido a sessões de terapia para tentar superar o trauma vivido.

“Foram cinco segundos, foi tudo muito rápido. Eu tô fazendo terapia para tentar me acalmar. Quando encosto no travesseiro, parece que estou tomando soco. Tem risco de ter sequelas. Tenta imaginar acordar, olhar no espelho e ver sua boca torta”, desabafou o ator bastante emocionado, dizendo ainda que deseja se recuperar rapidamente para retornar aos trabalhos. 

Publicidade
Publicidade

Lesões

Na confusão vivenciada no Nordeste do país, Henri Castelli sofreu graves lesões na mandíbula e precisou para por um procedimento cirúrgico. Na entrevista concedida à TV Globo, o ator afirma não se lembrar do que aconteceu antes do início das agressões.

Contudo, de acordo com o advogado Lucas Dória, que defende os empresários Guilherme Aciolly e Bernardo Malta, acusados da ação, o ator teria iniciado a confusão, tentando dar um soco no primeiro, que se defendeu revidando a ação. O advogado ainda afirma que o artista estava alterado. 

Ainda na entrevista, Henri negou que estivesse bêbado e ainda mostrou os hematomas provocados em seu peito. Os agressores foram autuados por lesão corporal grave, e se condenados, podem pegar de 1 a 5 cincos anos de prisão. 

Durante a entrevista, o ator negou que estivesse bêbado e ainda mostrou os hematomas que ficaram em seu peito. O crime de lesão corporal grave prevê pena de 1 até 5 anos de reclusão.

Por fim, o ator classificou a atitude como ato de selvageria, garantiu perdoar os agressores, mas pediu Justiça. 

Publicidade
Publicidade