in

O Preço da Perfeição é seriado com ritmo e suspense

Netflix
Publicidade

O Preço da Perfeição (tradução em Português para o interessante título Tiny Pretty Things) é o nome de um surpreendente seriado da Netflix focado no universo da dança contemporânea e de seus entornos.

Publicidade
Publicidade

Ambientada em Chicago, a narrativa dá seu pontapé inicial com a queda da principal bailarina de uma academia de dança do parapeito do edifício, causando um coma irreversível. Com a tragédia, uma aluna de classe social mais baixa é chamada para compor a Companhia de Ballet, e é pelos olhos dela Neveah, a surpreendente atriz Kyllie Jefferson, que o expectador adentra esse mundo de intrigas escondidas por um tutu.

Com a queda de Cassie, a escola de artes busca trazer uma dançarina pobre e negra para atrair publicidade positiva, e esconder as verdades atrás das coxias. Mas a queda de Cassie acaba por ferir muito mais do que a aluna, e coloca em movimento ações que acabam por derrubar também todas as máscaras e fachadas, seja da aluna favorita, da carinha popular, do galã, da dançarina aspirante e de todo um elenco de coadjuvantes que sonha com o estrelato.

Impossível não lembrar vir à mente o ‘oscarável’ Cisne Negro, uma vez que o drama psicológico de Darren Aronofsky de 2010 parece permear cada acontecimento do seriado, que tem a seu favor a oportunidade de desenvolver os personagens com muito mais calma. E belos personagens, seja no estético, seja na profundidade e no arco de cada um deles. A multiplicidade dos dramas pessoais, motores propulsores de toda ação ou omissão, acaba por enredar e prender o público, com destaque para a tóxica dinâmica familiar entre Bette, a caçula promissora que vive à sombra da irmã, buscando por tentar ser reconhecida pela mãe a qualquer custo.

Interessante que além dos óbvios dançarinos, a trama consegue também envolver os professores, coreógrafos, médicos e até patrocinadores (mecenas), chegando ao ponto de fazer duras críticas ao mundo das artes e dos escândalos e obscenidades que movimentam esse mundo de forma sistêmica e global, o que conversa mais com o título original do que com a tradução para o idioma tupiniquim.

O Preço da Perfeição acaba por se desenvolver como um drama psicológico que mistura momentos de pura poesia e sublima beleza com verdadeiro terror sobre o que a obsessão e a paranoia podem levar as pessoas a fazerem consigo mesmas e com as demais, oferecendo todos os espectros da pisque humana, e assim conversando com um público extremamente variado. Certamente uma aposta que se pagou, revelou ótimos atores ao grande público e deixou todos esperando para ver as cortinas se abrirem novamente para um segundo ato.

Publicidade
Publicidade
Bene!

Escrito por Bene!

Um curioso acima de tudo. Amante das artes, busco viver sem rótulos e explorar o que a alma pede. Escrevo sobre o que gosto, amo, odeio, me faz pensar e me faz sentir. Espero que minhas ideias, palavras e ações sejam meu legado. Bem vindos e espero que gostem.