in

Bonner e Renata encerram JN com triste luto e silêncio toma conta da Globo

Reprodução Globo
Publicidade

William Bonner e Renata Vasconcellos encerraram, mais uma vez, o Jornal Nacional de luto. Os âncoras do JN têm encerrado o telejornal mais assistido da TV brasileira dessa forma desde o começo da pandemia do coronavírus, em março do ano passado.

Sempre que o Brasil atinge uma marca redonda de número de mortes, Bonner e Renata encerram o telejornal de luto. Nestes dias, não há o tradicional “boa noite” dos apresentadores, não há também a execução da trilha sonora e nem sobe o letreiro que toma conta da tela no fim do Jornal Nacional.

Na edição desta sexta-feira (22), logo após a última reportagem do dia, Bonner encerrou o telejornal. “A todas as famílias brasileiras que perderam alguém nessa pandemia o nosso respeito, a nossa solidariedade”, disse o apresentador do JN.

Publicidade
Publicidade

Renata ficou em silêncio ao lado dele. A Covid-19 já matou mais de 215 mil pessoas no Brasil desde março. O Jornal Nacional tem feito ampla cobertura da situação e cobra as autoridades responsáveis sobre medidas adotadas neste período.

Bonner e Renata tornaram-se os porta-voz de milhões de brasileiros que assistem diariamente ao telejornal exibido pela Globo. O JN já havia sido encerrado de luto na segunda-feira, quando o país ultrapassou a marca de 210 mil óbitos por causa da Covid. Quatro dias depois, novamente o Jornal Nacional terminou em silêncio.

Isso mostra que a Covid-19 está em alta no Brasil. Nos últimos dias, o número de mortos ultrapassou a marca de mil a cada 24 horas. Números parecidos com os piores momentos da pandemia do ano passado. Neste ritmo, Bonner e Renata vão encerrar o JN de luto na próxima semana novamente.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!