in

Cynthia Klitbo, de ‘O Privilégio de Amar’ e ‘Teresa’, é acusada de racismo e homofobia pela própria filha

Publicidade

Cynthia Klitbo é uma das atrizes mais prestigiadas de novelas mexicanas. Seu principal trabalho foi a trama O Privilégio de Amar, onde interpretou a vilã louca Tamara. Ela também é muito reconhecida por Teresa, onde viveu Joana, a madrinha bondosa da protagonista. Recentemente, ela se envolveu numa controvérsia ao receber acusações de racismo e homofobia da própria filha.

Cynthia Klitbo é acusada de classismo, racismo e homofobia

A primogênita de Cynthia se chama Elisa Fernanda e tem 14 anos de idade. A jovem vem investindo na carreira de digital influencer e tem conquistado muitos seguidores em suas redes sociais. No entanto, sua mãe não aprova as escolhas da filha e isso gerou uma confusão entre as duas, que ganhou espaço em dezenas de veículos midiáticos latinos.

Publicidade
Publicidade

Após alcançar 58 mil seguidores na rede social TikTok, Elisa resolveu contar para a mãe, esperando que a mesma ficasse feliz e a apoiasse. No entanto, Cynthia repudiou a filha e afirmou que a mesma “nunca encontraria um marido se continuasse a seguir esse estilo de vida”. As duas tiveram então uma grande briga.

Filha de Cynthia Klitbo desabafou no TikTok

Completamente decepcionada, a adolescente resolveu desabafar nas redes sociais. Segundo ela, a mãe é uma mulher retrógrada, que tem comportamentos classistas, racistas e homofóbicos. Elisa se identifica como pansexual e não teve sua sexualidade aceita pela mãe. Logo a jovem deletou as publicações.

Cynthia Klitbo quebrou o silêncio negando todas as acusações, apontando inclusive que apoia a comunidade LGBT. Já Elisa pediu desculpas públicas à mãe e disse que publicou seu desabafo sem pensar. “Temos ideais diferentes, mas minha mãe não é uma má pessoa”, afirmou a garota.

Publicidade
Publicidade
Tiago Santos

Escrito por Tiago Santos

Estudante de Jornalismo. Especialista em televisão. Atuando como redator há seis anos, com passagem em diversas plataformas. Meu contato é: bringbacknashville@gmail.com