in

Bonner e Renata noticiam conduta de Bolsonaro no JN e presidente pode se dar mal

Reprodução: Globo
Publicidade

William Bonner e Renata Vasconcellos levaram ao ar no Jornal Nacional desta quinta-feira (4) uma notícia importante sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O JN é o principal telejornal da TV brasileira e todos os dias informa milhões de brasileiros em todo o país.

“A Procuradoria-Geral da República abriu uma apuração preliminar sobre a conduta do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na crise sanitária no Pará nesta pandemia”, anunciou William Bonner, dando início à leitura da nota sobre esta notícia.

“O PC do B pediu ao Supremo Tribunal Federal para investigar e responsabilizar os dois nesse caso. E também pediu a investigação do presidente Bolsonaro no inquérito sobre responsabilidades no colapso da saúde no Amazonas”, continuou o âncora do JN.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, Renata complementou a informação. “No caso do Amazonas até agora apenas Eduardo Pazuello estava sendo investigado. No pedido inicial, a PGR alegou que o ministro só tomou providências sobre a situação gravíssima dos estoques de oxigênio no Amazonas dias depois de ter sido informado”, disse a apresentadora.

Por fim, Bonner informou que Pazuello prestou depoimento hoje. Jair Bolsonaro pode se dar mal caso seja identificado nesta apuração. A PGR pode abrir denúncia contra o presidente.

Bolsonaro volta a ser notícia no Jornal Nacional

Na condição de presidente da República, Jair Bolsonaro é notícia no Jornal Nacional quase todos os dias. Em tempos de pandemia, com todo mundo se voltando para o governo federal e outros políticos, os assuntos ficam ainda mais notórios. O JN é líder de audiência em todo o Brasil.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!