in

Acusado de abuso, Anderson expõe que está sendo chantageado pela mãe da vítima

UOL/Montagem
Publicidade

Nesta semana, o cantor Anderson Leonardo, do grupo brasileiro Molejo, foi acusado por um dançarino de ter cometido abuso sexual. O jovem, de 21 anos, disse que o famoso o estuprou em um motel do Rio de Janeiro, mas não relatou quando o suposto ato ocorreu.

A suposta vítima foi Maylon Douglas Pinto do Nascimento Adão, conhecido no meio artístico por MC Maylon. Ele e Anderson chegaram a trabalhar juntos e afirma que o envolvimento que teve com o famoso teria sido apenas profissional.

Em uma conversa com o jornalista Beto Cascardo, Anderson, que tem vários anos de carreira como cantor no Brasil e é muito querido pelo público, desmentiu Maylon, e afirmou que realmente houve relação, mas de maneira consensual.

Publicidade
Publicidade

Comi sim, mas com consenso“, relatou Anderson em uma live com o jornalista. O vocalista ainda afirmou que tem sido chantageado por MC Maylon, a quem ele acusa de estar tentando ganhar notoriedade às suas custas.

Só está acontecendo tudo isso por dois motivos. Primeiro, ele quer se promover a qualquer custo. E segundo, ele tentou me chantagear. E não vai me chantagear. Pode ser qualquer um, mas não vai me chantagear“, disse Anderson.

O cantor também afirmou que a mãe de Maylon foi a primeira a chantageá-lo. A mulher teria entrado em contato com a assessoria de Anderson para pedir dinheiro em troca de não revelar ao público o que teria ocorrido. 

A equipe do G1 tentou entrar em contato com Maylon para pedir sua versão do caso, mas o jovem negou que as afirmações de Anderson sejam verdadeiras. Ainda durante a conversa com Beto, o vocalista do Molejo disse que não se amedrontou com a chantagem do MC e de sua mãe, pois não temia que a relação entre os dois fosse exposta.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn