in

Exclusivo: Cúpula da Globo adverte Boninho por vazamento de áudio e reforça protocolos

Publicidade

A cúpula da TV Globo ficou extremamente insatisfeita com a repercussão negativa do Big Brother Brasil 21 e advertiu formalmente Boninho, o diretor do reality. Apesar de um comunicado feito pela Central Globo de Comunicação, relativizando o vazamento do áudio que comprava a interferência e manipulação do diretor no jogo, os executivos “arrancaram cabelo” com a divulgação pública da conversa entre o diretor e o rapper Projota. O vazamento foi classificado durante uma reunião como “inadmissível”.

Além do vazamento, as palavras do diretor direcionadas ao cantor informando que a casa ficaria melhor para que Projota não desistisse da competição, e a indicação de que estaria aprovando as atitudes do cantor dentro do jogo, foi pauta de uma exaustiva reunião no início da semana que ficou ainda mais quente quando um dos executivos disse que Boninho nunca poderia ter se referido a Lucas Penteado com os adjetivos usados em meio a uma vasta equipe de produção. 

Em determinado momento, um dos presentes chegou a questionar se Boninho estaria “louco” ao dizer para o Projota na frente de outros funcionários, que eles “poderiam voltar a conversar no dia seguinte se ele quisesse.” Segundo o executivo, esse tipo de diálogo deveria ser restrito entre Projota e o Tiago Leifert, poderia inclusive ser levado ao ar, mas nunca em tom de insistência para que ele permanecesse no programa.

Publicidade
Publicidade

Foi posto à mesa que o vazamento do áudio acabou descredibilizando a idoneidade da casa mais vigiada do Brasil e fazendo com que grande parte do público perdesse a confiança na neutralidade do comando do jogo em relação aos seus participantes.

A reunião terminou definindo que um executivo seria deslocado a campo para acompanhar de perto o comando do Big Brother e que esse gestor teria carta-branca para fiscalizar e mudar a gestão do jogo, se necessário além de Boninho.  Além disso, foi definido que assim que terminar o jogo, uma reunião será feita com todos os envolvidos para “explicitar erros, reciclar e reforçar protocolos” que devem ser vistos como regras rígidas dentro da competição.

Foi pedido que o comando da atração não tenha envolvimento direto com o produto comandado, e por isso foi solicitado que Boninho não desenvolva mais, por exemplo, quadros dentro do programa em que ele mesmo participa, como foi o caso de algumas inserções feitas ao lado do ator Rafael Portugal.  Nessa parte da reunião sobrou até mesmo para o Domingão do Faustão, quando um dos gestores exemplificou que não gostou nada de ver Boninho sentado como jurado da Dança dos Famosos, há um tempo durante os domingos na Globo. “Não é bom para direção, nem para o produto”, considerou.

Publicidade
Publicidade
Alessandro Lo-Bianco

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.