in

Jovem que acusa Anderson dá entrevista e diz: ‘A única coisa que eu falava era: ‘pai, para, eu sou virgem”

R7/Montagem
Publicidade

Há pouco mais de uma semana, o nome do cantor Anderson se tornou um dos mais falados do Brasil. Isso porque o artista, que é vocalista do grupo Molejo, passou a ser acusado de abuso por um jovem de 21 anos, que afirma ter sido agredido em um motel do Rio de Janeiro.

Anderson e MC Maylon, como é conhecido popularmente o jovem Maycon Douglas Porto do Nascimento Adão, deram entrevista recentemente para o programa Domingo Espetacular e declararam suas versões a respeito do que aconteceu no local do encontro.

Anderson disse que marcou de se encontrar com Maycon no dia 11 de dezembro do ano passado. Ao chegar no local, os dois, segundo o vocalista, teriam mantido relações íntimas. Tudo havia ocorrido de maneira consensual, versão que ele também deu para a polícia em depoimento.

Publicidade
Publicidade

Já MC Maylon apresentou uma versão bem diferente para a história. Ele conta que eles haviam marcado um compromisso de trabalho. O jovem afirma que se sentiu desconfortável ao entrar no hotel. “Ele bateu no volante e falou: ‘você está desconfiado do pai?’. Ele falou: ‘sou uma pessoa pública, as pessoas não podem me ver’”. Segundo o dançarino, Anderson teria tirado a roupa e iniciado as agressões.

Maycon detalhou o que teria acontecido dentro do quarto do estabelecimento, localizado na Barra da Tijuca: “A única coisa que eu falava pra ele era: ‘pai, para. Pai, eu sou virgem’. Ele agarrou no meu braço e começou uma briga corporal entre eu e ele. Ele deu na minha cara, puxou meu cabelo”, declarou.

O caso está sendo apurado pelo 33º DP de Realengo. O delegado responsável ouviu Anderson, Maycon e alguns funcionários do hotel.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn