in

Em nova série, CNN mostra os bastidores do maior roubo a banco da história do Brasil

Montagem: i7 Network
Publicidade

No próximo domingo, dia 21/02, às 19h, o programa “CNN Séries Originais”, comandado pelo jornalista Evaristo Costa, inicia a exibição de duas novas séries: “Roubos Históricos” e “Os Caminhos Da Longevidade”.

No primeiro episódio de “Roubos Históricos”, denominado “Ataque na Avenida Paulista”, a atração da CNN vai falar sobre o roubo a uma agência do banco Itaú, na avenida Paulista, ocorrido em agosto de 2001, considerado o maior assalto a banco da história do país. Foram 500 milhões de reais em joias, relógios, ouro e dinheiro levados durante a madrugada do dia 28/08.

Para recontar essa história, os repórteres do “CNN Séries Originais” entrevistam todas as autoridades envolvidas na investigação e no julgamento do caso.

Publicidade
Publicidade

O promotor diz que nunca viu um roubo tão bem planejado: “Esse é um caso sui generis, eu nunca vi um nível de sofisticação tão grande”. O juiz do caso lembra que os criminosos só conseguiram realizar o roubo graças a ajuda de um dos vigilantes do banco, que quase desistiu de ajudar: “aparentemente o vigilante teria voltado atrás”.

O delegado-geral da polícia civil de São Paulo na época, Marcos Carneiro de Lima, lembra que o banco demorou a avisar a polícia do roubo: “não houve comunicação imediata à polícia civil da dimensão do crime”. O promotor suspeita que o atraso tenha ligação com o fato de que muitos dos objetos valiosos que estavam guardados no cofre não eram declarados à Receita Federal pelos clientes: “nós não sabíamos o que havia dentro dos cofres”, afirmou.

Especialistas apontam as falhas do sistema de segurança do banco que beneficiaram a quadrilha: “a quadrilha se estruturou, planejou e cooptou pessoas envolvidas no sistema de segurança, aliás, um sistema frágil, um sistema acanhado”, completou.

Durante as entrevistas para recontar essa história, os repórteres da CNN também entrevistaram vítimas do roubo e descobriram que o caso rachou a polícia de São Paulo, uma briga entre um dos delegados e o então secretário de segurança pública do estado.

Dez anos depois do roubo, uma pergunta ainda está no ar: por que, dos 142 cofres arrombados, apenas 10 vítimas prestaram queixa à polícia?

Além do “Ataque na Avenida Paulista”, a nova série da CNN vai apresentar outros quatro episódios: “O ouro do aeroporto”, “Sumiço no Masp”, “Assalto ao Banco Central de Fortaleza – parte 1” e “Assalto ao Banco Central de Fortaleza – parte 2”.

O “CNN Séries Originais” também exibe o primeiro episódio da série: “Os Caminhos da Longevidade”, que revela que até 2050 o Brasil terá cerca de 70 milhões de idosos, enquanto o número de pessoas com menos de 14 anos vai ficar na faixa dos 19 milhões.

O envelhecimento dos brasileiros traz diversas consequências na sociedade e uma delas é óbvia: a saúde da população. Uma das principais doenças associadas à velhice é o Mal de Alzheimer, que é um dos principais focos de estudos da ciência.

E mais: o que o dente de leite das crianças tem a ver com doenças da velhice? Esse episódio conta a história do Arthur, um menino de 12 anos que vai guardar o dente em uma clínica que estuda células-tronco. Diz a mãe dele: “Quando me deparei com essa situação e essa oportunidade, na hora eu pensei no meu filho, né? Então eu corri para fazer todos os procedimentos que precisava. Fiz o passo a passo, primeiramente a panorâmica para a gente escolher o melhor dente, no melhor momento”.

O objetivo é preservar as células do Arthur para combater eventuais doenças que ele possa vir a ter na velhice. O menino comemora: “eu acho que diante do futuro, da velhice, é uma grande oportunidade. Vou ter uma qualidade de vida muito melhor porque não vou estar 10% dependente de remédios. Então de repente algum tratamento que eu precisaria de remédio, posso usar a célula preservada.”

Além do “Soluções da ciência”, a nova série também exibe os episódios: “Os desafios da Sociedade” e “Vencendo os medos”. 

Publicidade
Publicidade
Anna Müller

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.