in

Kim Kardashian toma atitude inesperada em seu divórcio com Kanye West

Kim Kardashian e Kanye West - Elle
Publicidade

Kim Kardashian já entrou com os papéis do divórcio. Seu casamento de quase sete anos com Kanye West está terminando e parece que não tem mais chance de reconciliação. A socialite teria ainda tentado que o rapper fizesse uma nova tentativa de recuperação, mas ao que parece, a situação mental mais delicada de Kanye teria levado a Kardashian a desistir desta união.

Kim Kardashian quer guarda compartilhada dos filhos

Juntos, o agora ex-casal teve quatro filhos e seriam eles no centro de todas as preocupações de Kim Kardashian. A beldade americana quer se separar do marido, mas apesar de todas as condicionantes de saúde mental de Kanye West, a Kardashian não quer perder seu contato com as crianças.

Apesar de Kanye West ter sido diagnosticado com esse transtorno bipolar, Kim Kardashian mostra confiança nele. De tal modo que ela confia seus filhos com ele. Então, eles devem conseguir uma guarda compartilhada das crianças, que vão dividir seu tempo entre a casa da mãe e do pai. De acordo com uma fonte próxima de Kim Kardashian ao portal TMZ, a empresária “confia totalmente em Kanye em relação aos filhos”. De qualquer forma, tem sempre gente com Kanye quando ele está com as crianças, desde família a funcionários de confiança.

Publicidade
Publicidade

Kanye West infeliz após separação de Kim Kardashian

Essa é uma atitude marcante nessa separação, mostrando que, apesar de tudo, Kim Kardashian está sabendo lidar muito bem com essa separação, e colocando o bem-estar de seus filhos no primeiro lugar. Resta saber qual será a decisão, até porque, segundo algumas fontes, Kanye West não estaria superando tão bem assim o final de seu casamento.

O rapper foi mesmo visto usando sua aliança de casado, isso após se tornar conhecida a decisão de Kim Kardashian se divorciar. De acordo com algumas pessoas próximas de Kanye West, ele está ainda processando tudo que aconteceu nos últimos meses. O artista estaria se culpando por esse final de casamento. “Ele acha que a candidatura presidencial [nos EUA] foi a gota de água. Antes disso, havia esperança. Depois perdeu-se completamente. Custou-lhe o casamento“, falou uma fonte à revista People. 

Publicidade
Publicidade