in

Exclusivo: Bonner tem indisposição por excesso de trabalho e relembra direção que deixa JN em 2022

Reprodução TV Globo
Publicidade

O editor e apresentador do Jornal Nacional, William Bonner causou um enorme alvoroço entre internautas na semana passada depois de se ausentar três dias da bancada do principal telejornal da TV Globo. Sua ausência durou três dias (quarta, quinta e sexta) e fez a web especular que ele teria deixado a atração. O jornalista acabou retornando somente na segunda-feira para o jornal.

De acordo com fontes do jornalismo da TV Globo, William Bonner sentiu-se indisposto na terça-feira à noite. Preocupado com o vírus da Covid-19, o apresentador se afastou para realização de exames, que apontaram que ele estava negativado para o vírus.

Sobre a indisposição que teve, foi apontado – de acordo com fontes próximas ao jornalista – uma estafa de trabalho, ou seja, o apresentador acabou sofrendo um mal-estar em razão da carga excessiva e complexa de trabalho que vem enfrentando desde as eleições.

Publicidade
Publicidade

“Além de ser também o editor do jornal, Bonner tem sido o porta-voz da emissora durante a pandemia, e, consequentemente, a principal voz de oposição na rede televisiva ao atual governo,” contou um colega de trabalho. 

Saída do JN até segundo semestre de 2022

O apresentador estaria bastante cansado e, como já foi dito com exclusividade por este colunista que aqui escreve, no meio do ano passado já sinalizou duas vezes à direção de jornalismo da emissora que deseja sair da atração para levar uma vida mais amena a partir de 2022.

No final do ano retrasado, Bonner fez o primeiro alerta à Rede Globo que pretendia deixar o cargo de editor e âncora do jornal de maior audiência do país. Para isso foi criado um programa em que jovens repórteres de vários estados do Brasil iriam fazer um rodízio pela bancada do JN. Bonner, inclusive, participaria do processo de escolha. Entretanto, o projeto acabou sendo abortado em face da chegada da pandemia. No segundo semestre do ano passado, Bonner fez um novo alerta de que teria o interesse de deixar a atração no final do ano, de dezembro de 2021 até o segundo semestre de 2022.

Na época, ele cedeu uma entrevista ao programa Altas Horas. Durante a entrevista com o também apresentador Serginho Groisman, ele relatou um pouco da sua rotina de trabalho, quando confessou que quase não tinha tempo para viver outras coisas fora do trabalho, dado a carga excessiva que deveria cumprir para desempenhar o trabalho exigido pelo telejornal.

Ainda de acordo com essa fonte que também trabalha no Jornal Nacional, pela terceira vez, Bonner teria deixado claro para a diretoria de jornalismo da emissora que é necessário pensar um substituto para sua vaga, uma vez que ele não mudou de ideia, e, por isso, manifestou pela terceira vez a intenção de deixar a bancada do Jornal Nacional até o final do primeiro semestre de 2022.

O apresentador desejaria levar uma vida mais calma. Entre seus projetos estaria uma mudança para Portugal. O filho do jornalista está morando na Europa e, também por isso, Bonner pretende deixar um tempo o Brasil para estar mais perto do jovem.

Publicidade
Publicidade
Alessandro Lo-Bianco

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.
Instagram: @AlessandroLoBianco