in

Apresentador chora ao vivo por mortos da Covid-19 e responde fala de Bolsonaro

TV Globo
Publicidade

O apresentador Manoel Soares não segurou a emoção e acabou chorando no término do programa É de Casa na manhã de hoje (6). Ele contou que seis pessoas próximas a ele faleceram recentemente por causa do coronavírus, e mandou um recado para o presidente da República, pelo fato dele achar ‘mimimi’ o desespero das pessoas diante da pandemia. 

Manoel iniciou dizendo querer se despedir do público que estava em casa, pedindo para que eles se cuidassem. Somente na última semana, ele perdeu seis pessoas queridas que foram infectadas pelo vírus. De acordo com ele, uma dessas vítimas é Luciano, irmão do maquiador do matinal, Lucas. Ele desejou força para o colega de trabalho nesse momento difícil.

Em seguida o jornalista falou que teve dificuldade em conseguir se controlar para não ficar emocionado durante todo o programa, pelo fato de estar muito abalado. Ele ainda falou sobre as declarações de Bolsonaro, que afirmou se trata de ‘frescura’ e ‘mimimi’ a questão da doença.

Publicidade
Publicidade

Soares reiterou que fazer o programa hoje foi muito difícil para ele, porque teve vários momentos que ele queria chorar. A tristeza que o público estava vendo em seu rosto não é mimimi, é luto pelos que foram.

Por último, Manoel pediu para que as colegas Patrícia e Ana Furtado continuassem fazendo o discurso, e desejou um bom sábado para todos.

Manoel não foi o único artista que demonstrou estar indignado com a fala de Bolsonaro. Ontem (5), Fátima Bernardes também se mostrou incomodada com a fala do presidente e também desabafou no programa ao vivo.

Publicidade
Publicidade