in

Ex-apresentadora querida morre de câncer no pulmão e público lamenta: ‘Descanse em paz’

SZNews
Publicidade

No início desta semana, o Brasil perdeu um nome importante do jornalismo no país. Foi a óbito, vítima de um grave problema de saúde nesta segunda-feira (08/03), a jornalista e apresentadora Lúcia Leme, que tinha 82 anos de idade.

Lúcia estava travando uma batalha contra o câncer de pulmão. Depois de sofrer uma piora em seu quadro de saúde, a profissional não conseguiu resistir e faleceu no Rio de Janeiro. Sua morte tem provocado comoção entre os admiradores.

Entre os trabalhos mais lembrados de Lúcia Leme está o programa Sem Censura, que ela apresentou entre os anos de 1986 e 1996, na TV Brasil. Ela teve uma longa trajetória da televisão atuando no meio jornalístico.

Publicidade
Publicidade

O sepultamento de Lúcia está acontecendo na tarde desta segunda-feira no Cemitério São João Batista, que fica localizado em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. A jornalista deu início a sua jornada na área estagiando em um programa da extinta TV Tupi.

Algum tempo depois, Lúcia foi chamada pelo jornalista Arthur da Távola para fazer parte da redação do O Globo. Após mostrar seu talento para a área da informação, ela, começou a ingressar no jornalismo impresso.

Anos depois, Lúcia marcou ainda mais seu legado quando foi convidada para ser editora de revistas importantes no Brasil, como a Fatos e Fotos, Manchete e Ele&Ela. Em seguida, a apresentadora foi chamada para trabalhar na TV Manchete.

Através das redes sociais, a morte de Lúcia Leme gerou comoção, considerando que ela era uma profissional bastante querida no Brasil por seu trabalho: “Descanse em paz“, escreveu um internauta.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn