in

Querido ator morre e esposa faz triste comunicado em rede social

Operabel
Publicidade

Mais um grande nome da arte morreu. Nesta segunda-feira (15), o mundo se despediu do ator Yaphet Kotto, de 81 anos. Se pelo nome não fica fácil reconhecer, pela biografia fica. Kotto atuou com destaque em filme da franquia de James Bond.

Na década de 1970, o ator ganhou fama ao interpretar um vilão no filme Com 007 Viva e Deixe Morrer. Yaphet Kotto roubou a cena no filme sobre o amado herói que enfrenta inimigos sanguinários. A atuação de Kotto foi destacada e ele recebeu elogios da crítica na época.

O ator também atuou no filme Alien, O Oitavo Passageiro. Nesta segunda-feira, o coração de Kotto parou de bater. Coube à esposa anunciar a morte do marido em publicação na rede social Facebook. A mulher descreveu o parceiro como uma lenda do cinema e da arte dramática.

Publicidade
Publicidade

“Você interpretou um vilão em alguns de seus filmes, mas para mim você é um verdadeiro herói e para muitas pessoas também”, declarou Sinahon Thessa. A causa da morte do ator também foi confirmada pelo agente dele, Ryan Goldhar, em e-mail enviado à agência de notícias AFP. A causa da morte de Yephat Kotto não foi revelada.

Kotto nasceu na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Ele é filho de uma enfermeira do Exército Americano com um imigrante camaronês. A carreira de ator começou nos anos 1960. Nos anos 1970, interpretou o Dr. Kananga, primeiro vilão negro da franquia 007. Em 1976, foi indicado ao Emmy pela atuação incrível como Idi Amin, ditador de Uganda, no filme Resgate Fantástico, feito especialmente para a TV.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!