in

Demi Lovato expõe trauma: ‘Perdi a virgindade em um estupro’

Reprodução/Instagram
Publicidade

Demi Lovato na próxima semana irá estrear um documentário sobre a sua vida na plataforma de streaming do YouTube. O documentário está batizado como Demi Lovato: Dancing with the Devil. Durante o documentário sobre sua vida pessoal e artística, a cantora revelou que foi violentada durante a sua adolescência.

Demi declarou que a informação revelada iria chocar todos os seus fãs, e afirmou que quando ainda era adolescente ela perdeu a sua virgindade devido a um estupro. “Estávamos abraçados, mas eu disse: ‘Isso não vai além, sou virgem e não quero perder [minha virgindade] desse jeito‘”, relembrou a cantora, entretanto, segundo ela nada adiantou e o agressor concluiu o seu crime.

Demi Lovato revelou que o crime ocorreu quando a mesma ainda era atriz e fazia parte do elenco da Disney. A cantora ainda afirmou que não contou nada a ninguém e teve que continuar vendo o agressor durante muito tempo. Aos 28 anos, Demi Lovato, resolveu revelar o fato ocorrido, entretanto, não revelou a identidade do abusador.

Publicidade
Publicidade

A cantora ainda faz outra revelação, no trailer do documentário Demi Lovato afirma que ficou entre a vida e a morte quando sofreu uma overdose. Os médicos que a socorreram afirmaram que a cantora possuía apenas de 5 a 10 minutos de vida. Demi disse que pode estar em sua nona vida (expressão em inglês para sete vidas).

A overdose ocorreu no dia 24 de julho de 2018, a cantora foi levada as pressas de sua casa em Hollywood Hills rumo a um hospital na cidade de Los Angeles. Naquele momento a assessoria da cantora não revelou qual substância causou a overdose.

Publicidade
Publicidade