in

‘Não é não’: Arthur é acusado de ter dado beijo forçado em Carla Diaz e pode deixar o BBB21

Publicidade

Arthur pode deixar o BBB21, mas isto dependerá se Boninho analisar as cenas que estão causando polêmica nas redes sociais. Muitos internautas acusam o brother de ter forçado um beijo em Carla Diaz, e que por isso, ele deve ser eliminado.

A hashtag ‘Não é Não‘ está entre os assuntos mais comentados do Twitter na manhã deste domingo (21). Os fãs do BBB se mostra revoltado com o brother. A festa, que era para ser um momento de diversão, acabou deixando os fãs do reality angustiados.

Carla Diaz, que bebeu um pouco mais, foi segurada por Arthur, que tentava beijar a loira insistentemente. Carla fica se esquivando o tempo todo, mas não conseguia se livrar do brother. Para muitos internautas, Arthur cometeu assédio dentro do reality e, por isso, deveria ser expulso.

Publicidade
Publicidade

Enquanto tentava beijar a atriz, ele a segurou pelo braço e também na nuca, o que revoltou os internautas que acompanhavam tudo ao vivo e agora pressionam Boninho para expulsá-lo do BBB21.

O que muitos fãs do reality alegam é que Carla Diaz estava em um momento mais vulnerável, bêbada e sem ninguém por perto para ajudá-la.

No Twitter, um usuário alegou: “Carla claramente estava bêbada e disse que não queria. Arthur ficou obrigando ela a beijar ele. Tem pessoas que estão normalizando essa cena. Por isso que mulheres são violentadas todos os dias“.

Mas houve quem dissesse que não foi nada demais, porque depois desse episódio os dois voltaram a curtir a festa e Carla teria beijado Arthur por livre vontade. Entretanto, a hashtag ‘Não é Não’ continua em alta no Twitter e com muitos internautas pedindo a expulsão de Arthur do BBB21.

Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: [email protected]