in

Advogada de jovem que acusa Anderson de estupro deixa o caso e conta motivo: ‘Surgiram novos fatos’

Record TV | | UOL
Publicidade

O caso sobre um suposto estupro cometido pelo vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, segue ganhando novos desdobramentos. Um jovem conhecido como Mc Maylon afirma ter sido abusado pelo cantor durante um suposto encontro profissional em um hotel no Rio de Janeiro. Anderson afirma que a relação que manteve com o jovem foi consensual.

Maylon afirma, ainda, que foi agredido pelo cantor dentro do hotel. Desde o início da polêmica, ambos vem usando as redes sociais para contar suas versões sobre o caso. Porém, na última quarta-feira (17), Anderson e Maylon estiveram 33ª DP do Rio de Janeiro para participarem de uma acareação.

De acordo com o site UOL, os dois estiveram frente a frente junto ao delegado Rodrigo de Barros, para contarem detalhes sobre o caso. Na saída da delegacia, Anderson se limitou apenas a dizer que compareceu ao local para contar toda a verdade, e que em breve todos saberiam o que de fato ocorreu.

Publicidade
Publicidade

Uma reviravolta surgiu no caso na última sexta-feira (19). Fêh Oliveira, então advogada de Maylon, resolveu deixar o caso. Através de suas redes sociais, a ex representando do Mc falou sobre a saída da defesa: “Saí por motivos de convicção pessoal. Surgiram novos fatos que me fizeram tomar essa decisão, prefiro não comentá-los por uma questão ética. Outro colega assumirá o caso e dará continuidade a assistência jurídica do Maylon”.

O abandono da defesa de Maylon gerou grande repercussão na web. Internautas fizeram inúmeras suposições sobre qual teria sido o real motivo do abandono do caso. A advogada afirmou que apagou as publicações sobre o antigo cliente de suas redes sociais por estar recebendo inúmeras ameaças.

Publicidade
Publicidade