in

Famoso cantor vai parar na delegacia por suposto envolvimento com tráfico e facções criminosas

Publicidade

A polícia de São Paulo investiga, através de uma operação, o suposto envolvimento de alguns cantores de funk e rap com o crime organizado. A suspeita é de que os shows desses cantores estariam sendo usados para lavagem de dinheiro do tráfico.

A operação, que teve início na manhã desta quinta-feira (25), cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas dos MCs Brinquedo, Pedrinho e Hariel. Entre eles também está o MC Salvador da Rima, que recentemente virou notícia ao se envolver em uma abordagem da PM e ser enforcado por um dos agentes. Tudo foi filmado e o vídeo viralizou nas redes sociais.

Drogas e armas foram apreendidas pela polícia, além de computadores, caixas de som e documentos que possam comprovar o suposto envolvimento dos artistas com facções criminosas.

Publicidade
Publicidade

MC Hariel chegou ao Distrito Policial de Guaianases usando máscara e encapuzado. Na porta da DP, alguns jornalistas que estavam presentes no local tentaram falar com ele, mas o MC apenas disse um “bom dia” e seguiu acompanhado pelos policiais civis.

O que chama a atenção é que alguns deles têm milhares de seguidores nas redes sociais. Hariel, mostrado na imagem acima, foi parceiro do DJ Alok na música ‘Ilusão Cracolândia’, que ganhou mais destaque ainda durante a participação do DJ em uma festa no Big Brother Brasil.

Hariel é bem engajado nas redes sociais. Só em seu perfil no Instagram o cantor possui quase 4 milhões de seguidores e chega a ser um ídolo da juventude. 

Publicidade
Publicidade
Anna Müller

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.