in

Ator que fez parte do elenco de A Praça é Nossa morre aos 43 anos, vítima da Covid-19

Pinterest
Publicidade

A pandemia do coronavírus tem assolado a sociedade desde o final do ano de 2019. O Brasil está vivendo um dos momentos mais críticos da doença e tem batido recordes diários de mortes por causa do vírus. O número de vítimas fatais mais jovens e sem doenças pré-existentes tem chamado atenção.

Vários artistas estão entre os mortos pela Covid-19 e, agora, o país perdeu mais um ator para o vírus. Davi Mello morreu durante a madrugada desta quarta-feira, aos 43 anos, em Mogi das Cruzes, cidade que fica na região Metropolitana de São Paulo. A assessoria de imprensa confirmou o óbito ao portal de notícias UOL.

Davi Mello era filho do humorista Canarinho, que morreu no ano de 2014. O ator passou mal e estava internado desde a última quinta-feira, 25 de março. No último sábado, apresentou piora em seu quadro clínico e precisou ser transferido. Segundo informação da assessoria do ator, ele ainda conversou na tarde desta última terça-feira (30), com o amigo Thiago Batalha e, até então, não tinha nenhuma dificuldade para poder se comunicar. Vale ressaltar que o famoso também não foi intubado logo depois da transferência.

Publicidade
Publicidade

O ator deu início a sua trajetória artística ao participar de uma minissérie no ano de 2001, chamada ‘A Árvore do Encanto’, na TV Mogi. Davi Mello também esteve no elenco de apoio do programa ‘A Praça é Nossa’, e também no ‘Turma do Gueto’. Infelizmente, o artista entra para a triste estatística das pessoas que perderam a vida para a Covid-19 no Brasil.

Canarinho, que era pai do ator, morreu vítima de um infarto e foi um dos grandes sucessos no programa ‘A Praça é Nossa’ nos anos 80.

Publicidade
Publicidade