in

Em mensagem exclusiva, médica e amiga de Paulo Gustavo relata que pulmão inflamado por Covid contraiu bactéria

Reprodução: F5 Folha Uol / O Povo - Fotomontagem por Vieira Filho
Publicidade

No dia 13 de março, o ator, humorista, apresentador, diretor e roteirista Paulo Gustavo precisou ser internado em um hospital na cidade do Rio de Janeiro após testar positivo para a Covid-19.

De acordo com a assessoria de Paulo, a internação foi realizada apenas para que a equipe médica pudesse acompanhar melhor o caso do ator.

Entretanto, ao experimentar uma considerável piora em seu quadro de saúde, o humorista precisou ser intubado no dia 21 de março para que fosse submetido a um procedimento denominado ventilação mecânica invasiva.

Publicidade
Publicidade

Depoimento exclusivo de amiga e médica

Neste domingo (4), em mensagem enviada exclusivamente ao Fantástico, programa dominical da Rede Globo de Televisão, a médica e diretora de um dos filmes protagonizados por Paulo Gustavo, “Minha vida em Marte”, Susana Garcia contou sobre o dia da internação do humorista.

No depoimento, Susana comentou sobre algumas das complicações que Paulo Gustavo já enfrentou com a Covid. Entre elas, a médica destacou que, no pulmão já inflamado pelo vírus, o humorista contraiu uma bactéria.

Com o episódio, Susana declarou que os médicos resolveram realizar uma oxigenação por membrana extracorporal (ECMO), que é capaz de funcionar como órgãos artificiais, já que o pulmão e o coração do ator estão comprometidos.

Equipe médica está otimista

Apesar da notícia negativa divulgada por Susana, a médica e diretora destacou que a equipe médica está muito otimista em relação ao caso do ator e que o quadro de saúde de Paulo Gustavo é estável.

Publicidade
Publicidade