in

Agnaldo Timóteo deixa metade da herança milionária para filha adotiva de 14 anos

Instagram Agnaldo Timóteo
Publicidade

O cantor Agnaldo Timóteo morreu no último sábado (3), aos 84 anos, vítima da Covid-19. O artista estava internado em hospital do Rio de Janeiro havia alguns dias e não resistiu às complicações causadas pela doença que já vitimou mais de 330 mil brasileiros.

Dias depois da morte, foram divulgados detalhes sobre o testamento deixado por Agnaldo Timóteo. A fortuna do cantor estava avaliada em R$ 15 milhões. No testamento, Agnaldo destina o valor para a família. A filha adotiva Keiti Evellyn, de 14 anos, ficará com metade da fortuna, R$ 7,5 milhões.

O restante será dividido entre os outros filhos do artista e os demais familiares, como irmãos e sobrinhos. Agnaldo Timóteo tinha muito carinho por Keiti, adotada por ele quando ainda era pequena. A adolescente de 14 anos era o seu grande xodó. Na imagem abaixo, Agnaldo Timóteo aparece ao lado da filha e da irmã, Ducarmo, comemorando o aniversário de 80 anos, em 2016. 

Publicidade
Publicidade

Agnaldo morreu de Covid-19

Querido por muitos brasileiros, Agnaldo Timóteo foi mais um dos famosos que morreu em decorrência da Covid-19. Desde março do ano passado, atores, atrizes, cantores e apresentadores morreram por causa da doença causada pelo coronavírus.

Nomes como Eduardo Galvão, Nicette Bruno, Paulo Sérgio, Fabiana Anastácio, Irmão Lázaro, Rodrigo Rodrigues, entre muitos outros, perderam a vida. Em todo o Brasil, são mais de 330 mil mortes e 12 milhões de casos. O país é o segundo do mundo em número de óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos, que ultrapassou a marca de 540 mil.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!