in

Príncipe Philip morreu de forma pacífica no ano em que completaria 100 anos, no Castelo de Windsor

G1
Publicidade

Morreu nesta sexta-feira (9), o marido da rainha Elizabeth II, do Reino Unido, o príncipe Philip, de 99 anos de idade, disse a assessoria de imprensa do Palácio de Buckingham, residencia oficial da família real.

Philip foi internado em fevereiro deste ano como medida preventiva, como informou a assessoria de imprensa, após passar mal. Porém, mesmo sendo apenas por prevenção, o príncipe acabou transferido para um outro hospital, passou por uma cirurgia no coração e recebeu alta após 30 dias.

O Duque de Edimburgo, seu nome oficial, reinou ao lado de sua esposa por cerca de 69 anos, o que entra para os livros de história do Reino Unido como o reinado mais longo da história de sua monarquia.

Publicidade
Publicidade

“É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anuncia a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo”, informou o palácio em um comunicado. O príncipe completaria seu centenário em junho deste ano.

Philip faleceu de forma pacífica durante esta manhã, no Castelo de Windsor. Ainda segundo a nota oficial, novos anúncios serão feitos em breve, de acordo com o tempo devido.

O príncipe Philip nasceu na mesa de uma cozinha, na ilha de Corfu, no dia 10 de junho de 1921 e, em 1922, saiu da ilha, juntamente com sua família, dentro de uma caixa de laranjas, quando o rei Constantino, seu tio, foi exilado.

Ingressou na Marinha Britânica e participou ativamente da Segunda Guerra Mundial, após longa permanência em um pensionato austero escocês.

Após se unir em matrimônio com a princesa Elizabeth, em 1947, foi enviado para Malta, mas a subida ao trono o fez renunciar à vida militar, interrompendo sua escalada de patentes na instituição, em 1952.

Certa vez, em entrevista, o príncipe afirmou que por estar casado com a rainha, lhe parecia que deveria servi-la da melhor maneira possível.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Higor Mendes

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.