in

Noticiando o caso Henry, Datena perde a paciência ao vivo e ameaça deixar a Band

Reprodução/Band
Publicidade

José Luiz Datena é um dos apresentadores mais conhecidos da TV brasileira. Versátil, o jornalista apresenta jogos de futebol, já teve programa de entretenimento, de entrevistas e tudo isso sem abandonar o policialesco Brasil Urgente.

Com 50 anos de carreira, o jornalista natural de Ribeirão Preto é conhecido por suas opiniões fortes e, volta e meia, por perder o controle ao vivo. E foi isso que aconteceu durante o Brasil Urgente da última sexta-feira (9).

O apresentador perdeu a paciência ao vivo e explodiu com a produção da atração por conta da qualidade de áudio de uma entrevista que ele fazia ao vivo. Ele conversava com Leniel Borel, pai do menino Henry, que teria sido assassinado pelo padrasto Dr. Jairinho com conivência da mãe, Monique Medeiros.

Publicidade
Publicidade

A gota d’água para Datena aconteceu quando  a ligação caiu. Ele afirmou que preferia que a entrevista fosse realizada por telefone: “Se voltar o nosso Henry (Leniel) a gente coloca ele no ar, senão a gente coloca por telefone mesmo. Vai ter um dia que eu vou me torrar paciência com isso aqui, e vou seguir o meu caminho. Eu prefiro isso”, dando a entender que deixaria a Band.

Datena fora da Band?

Por mais que o apresentador trabalhe há muitos anos no canal dos Saad, existe um namoro dele com outras emissoras. Datena já trocou a Band pela Record e quase deixou o canal paulista para assinar com o SBT.

Segundo o próprio Datena, ele recebeu um convite de Silvio Santos para comandar uma atração em sua emissora, mas ele recusou a oferta. Vale lembrar que o veterano ainda é conhecido por tentar se envolver na política: ele já foi citado como possível candidato à prefeitura de São Paulo e até como senador, mas desistiu de concorrer em todas as ocasiões.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
I Feitosa

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.