in

Querido jornalista da Globo morre de Covid-19 depois de 40 dias internado

Portal OZK
Publicidade

A Covid-19 não para de fazer vítimas em todo o Brasil. Anônimos e famosos estão perdendo a vida na batalha contra a doença causada pelo coronavírus. O país se aproxima das 350 mil mortes causadas pela Covid no período de um ano.

O jornalismo brasileiro está de luto. Morreu neste sábado (10), aos 56 anos, o jornalista Fernando Ribeiro. Ele era bastante conhecido no estado do Ceará por sua atuação no jornalismo policial. A morte do profissional de comunicação foi confirmada nesta tarde.

Fernando Ribeiro ficou internado por mais de um mês. Foram 40 dias lutando contra a doença causada pelo coronavírus. O jornalista estava internado no Hospital São José, em Fortaleza, precisou de oxigênio, mas não resistiu às complicações causadas pela Covid.

Publicidade
Publicidade

O jornalista trabalhou como editor do caderno de polícia do Diário do Nordeste, um dos principais da região, e atuou como comentarista de segurança pública no Bom Dia Ceará, da TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo no Ceará.

Covid segue fazendo vítimas no Brasil

O número de mortes causados pela doença se aproxima de 350 mil em todo o Brasil. O país é o segundo em número de óbitos em todo o mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Os meses de março e abril estão sendo terríveis para o Brasil. A média móvel de mortes está nas alturas e muito maior do que nos piores meses do ano passado.

A vacinação acontece em ritmo mais lento do que o que os brasileiros esperam. A recomendação é que todos continuem se cuidando, lavando bem as mãos, usando álcool em gel, só sair de casa se for necessário e nunca esquecer de usar a máscara de proteção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!