in

Bonner e Renata começam Jornal Nacional com notícia pesada e encerram de luto

Reprodução Globo
Publicidade

William Bonner e Renata Vasconcellos apresentam o Jornal Nacional diariamente na TV Globo. No último ano, os jornalistas deram muitas notícias sobre a pandemia do coronavírus. Nestas últimas semanas, as notícias estão ainda mais intensas devido ao alto número de mortes por Covid-19 em todo o país.

Ontem, Bonner e Renata começaram o Jornal Nacional com a notícia de que o Brasil ultrapassou a marca de 360 mil óbitos.  O país é o segundo do mundo em número de mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, que ultrapassou a barreira dos 500 mil óbitos desde o começo da pandemia.

Jornal Nacional termina de luto mais uma vez

Ninguém poderia imaginar que o Brasil atingisse um número tão alto de mortes em decorrência da doença causada pelo coronavírus. Desde o começo da pandemia, o Jornal Nacional tem acompanhado de perto os desdobramentos da doença no país.

Publicidade
Publicidade

O telejornal apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos também tem encerrado de luto sempre que o país ultrapassa uma marca redonda a cada cinco mil mortes. Na edição de ontem, quando o Brasil rompeu a triste barreira dos 360 mil óbitos, Bonner e Renata encerraram o JN em completo silêncio.

Após Alan Severiano atualizar os dados da pandemia, Bonner e Renata se despediram do público com um “até amanhã”. Não houve o tradicional boa noite e nem a execução da trilha sonora tradicional do Jornal Nacional. Apenas silêncio e a inscrição “362.180 vidas perdidas” no telão. A pergunta que muitos telespectadores fazem é onde isso vai parar?

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!