in

Sem folga na Globo, Bonner expõe dificuldade com o governo Bolsonaro ao vivo no JN

Âncora do Jornal Nacional expôs dificuldades para obter dados do governo federal.

Reprodução Globo
Publicidade

William Bonner e Renata Vasconcellos não ganharam folga na Globo neste sábado (24) e estiveram à frente do Jornal Nacional levando aos telespectadores as notícias mais importantes do dia ocorridas no Brasil e em todo o mundo. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi assunto no telejornal.

Bonner abriu o Jornal Nacional expondo o corte de R$ 240 milhões do orçamento do Ministério do Meio Ambiente, dias depois de Bolsonaro dizer na Cúpula do Clima que aumentaria a fiscalização e o combate ao desmatamento no Brasil.

Bonner explicou no Jornal Nacional que Ricardo Salles, responsável pela pasta, pediu verba de R$ 270 milhões ao Ministério da Economia. Políticos e ambientalistas pressionam o governo federal para adotar uma melhor política ambiental no país.

Publicidade
Publicidade

Após a reportagem de Flávia Alvarenga, o apresentador do Jornal Nacional mostrou como é difícil obter informações do governo federal comandado por Bolsonaro. Bonner informou que o Palácio do Planalto foi procurado para se manifestar sobre as críticas em relação aos cortes no orçamento.

“A assessoria pediu que nós procurássemos o Ministério da Economia, a Casa Civil e a Secretaria de Governo. Nenhum desses órgãos deu retorno aos nossos pedidos”, disse Bonner ao vivo no Jornal Nacional. Bolsonaro é um grande crítico da TV Globo. Desde que assumiu a presidência, em janeiro do ano passado, o presidente já deu diversas declarações contra a emissora e chegou a citar nominalmente William Bonner em um de seus comentários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!