in

Após defender jejum de 7 dias, Mayra Cardi leva invertida de nutrólogo: ‘Totalmente desprovido de evidências’

A influenciadora causou nas redes sociais após defender o jejum intermitente de 7 dias.

R7
Publicidade

Mayra Cardi chamou atenção de seus seguidores após utilizar sua conta no Instagram, na última quarta-feira (28), para revelar ter feito um jejum de 7 dias e que, com isso, obteve um resultado “mágico”. No entanto, vale ressaltar que a Associação Brasileira de Nutrição (Asbran) não recomenda tal prática.

A influenciadora ainda afirmou que gostaria de ter ficado mais tempo sem comer, pois ainda não sentia fome, porém, por este ter sido o primeiro, obedeceu ao prazo de 7 dias.

Não demorou até que o nutrólogo Bruno Cosme comentasse o assunto nas redes sociais, culminando em um pequeno conflito com a influenciadora. Para ele, profissional da nutrição, o jejum é “totalmente desprovido de evidências científicas”.

Publicidade
Publicidade

Segundo a Asbran, o jejum intermitente é a restrição de alimentos que pode ocorrer em dias alternados, inteiros ou por um período limitado.

Em 2019, um parecer foi publicado por um comitê científico da Asbran fazendo uma análise a cerca do assunto. A recomendação feita no parecer permanece até hoje. Nele, é visto que as alegações para a implementação do jejum intermitente ainda não oferecem benefícios suficientes para que tal metodologia seja recomendada.

Para a Asbran, o “jejum intermitente ganhou popularidade ao longo da última década, apesar de a prática ser mundialmente realizada desde a antiguidade, especialmente por grupos religiosos”, no entanto, no parecer publicado a cerca do assunto é possível perceber que a hipótese mais aceita pela comunidade científica a cerca da origem da obesidade está mais ligada a doenças associadas a alimentação inadequada e ao sedentarismo do que ao fracionamento, intervalos maiores ou até mesmo a restrição da alimentação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Higor Mendes

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.