in

Pneumonia bacteriana, embolia e problema cerebral: como tem sido os últimos dias de Paulo Gustavo

O artista foi internado no último dia 13 de março em decorrência da covid-19.

UOL
Publicidade

O ator Paulo Gustavo continua recebendo cuidados médicos na unidade intensiva de um hospital do Rio de Janeiro. Ele foi diagnosticado com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, no mês passado e, no último dia 13, foi internado para maior atenção de uma equipe especializada.

Desde que foi internado, o quadro de saúde de Paulo Gustavo, de 42 anos de idade, tem apresentado altos e baixos. Há poucos dias, um boletim médico informou que o artista havia tido boa reação aos tratamentos que lhe estão sendo oferecidos.

Um boletim também informou, anteriormente, que Paulo havia piorado e precisou ser submetido a um tratamento de ECMO, um tipo de procedimento hospitalar que simula as funções de um pulmão, de maneira artificial.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, foi informado que Paulo Gustavo estava sofrendo de uma pneumonia bacteriana, a qual estava sendo devidamente tratada. Mas nesta segunda-feira (03/05), um novo comunicado afirma que o ator piorou novamente.

Segundo o boletim, divulgado pela assessoria de imprensa, Paulo sofreu uma embolia devido a uma fístula bronquíolo-venosa, abertura entre os pulmões e as veias: “Houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central“. Fãs do artista continuam em oração por sua recuperação.

Nas redes sociais, diversos artistas, incluindo a apresentadora Tatá Werneck, uma das grandes amigas de Paulo, têm se manifestado em pedidos de oração e correntes juntamente com o público clamando pela melhora do famoso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn